No vai e vem de Decretos, fica suspenso o retorno ás aulas em Alegrete

No vai e vem de Decretos quem sofre são os alunos, que sentem falta do retorno.   Muitos alunos em várias cidades chegaram a ir até a escola e ficarem, mas os pais foram chamados e tiveram que voltar para buscar seus filhos nas escolas.

Como a pandemia de coronavírus impacta o ensino no Brasil | Notícias e  análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 05.04.2020

Todos municípios do RS tiveram que revogar nesta manhã os decretos de volta às aulas. O motivo: disputa judicial.

O Prefeito de Alegrete, Márcio Amaral, seguiu a última decisão e a diretriz do Governador Eduardo Leite.

Nesta manhã deu publicidade do novo decreto.

Em Alegrete estavam autorizadas à volta das aulas em séries iniciais de escolas particulares, desde sábado.

No final da noite deste domingo, o desembargador plantonista, Luiz Felipe Difini, indeferiu a liminar impetrada pelo MP/RS, mantendo suspensas as aulas até o julgamento final do agravo.

Os pais não vieram buscar o aluno. E agora?

 

Facebook Comments Box

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *