Polícia afirma que médica sequestrada em Erechim foi libertada sem pagamento de resgate

Três pessoas, sendo um vigilante de banco, uma dona de casa e um taxista foram presos por estar diretamente envolvidos no sequestro.

O drama da família da médica ginecologista Tamires Gemelli da Silva Mignoni sequestrada em Erechim na última sexta-feira, 16, teve fim na noite desta quarta-feira, 21, no Paraná.

Era por volta das 23h30 min quando o prefeito de Laranjeiras do Sul que é pai de Tamires postou em seu facebook uma foto da filha informando que ela havia sido libertada.

“Valeram as orações.   A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos DEIC e TIGRE. Nossa menina está voltando pra casa” escreveu Berto Silva.

Tamires Gemelli da Silva Mignoni que é filha do prefeito da cidade de Laranjeiras do Sul no estado do Paraná foi raptada na sexta-feira, 16, por volta das 12h30min, após ser abordada quando entrava em seu veículo no momento que saia do trabalho na Unidade Básica de Saúde do Bairro Aldo Arioli em Erechim.

Inicialmente a investigação do caso ficou sob responsabilidade da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (DRACO) que é coordenada pelo delegado Gustavo Ceccon. No sábado, 17, equipes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) chegaram a região de Erechim para auxiliar nas investigações sobre o desaparecimento da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni.

Após seis dias, polícia resgata médica Tamires em cativeiro em Cantagalo |  RSN

A libertação da refém

Na noite desta quarta-feira, 21, uma ação de policias do DEIC do RS e do Grupo Tigre na cidade de Cantagalo, distante 30 quilômetros de Laranjeiras do Sul, no Centro-Oeste do Paraná, deu fim no sequestro da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, raptada em Erechim na última sexta-feira(16).

Segundo informações da polícia civil, três pessoas, sendo uma mulher e dois homens que estão diretamente envolvidos no sequestro foram detidos. Todos são paranaenses. Ao ser resgatada Tamires foi encontrada em bom estado de saúde e sem ferimentos.

A médica foi levada para Laranjeiras do Sul onde um comboio de viaturas policiais foi recepcionado por um grande grupo de pessoas que aguardava em frente a residência onde Berto Silva mora.

Um abraço emocionado no pai e no marido marcou o reencontro com a família.

Médica é resgatada pela polícia em cativeiro no Paraná; veja vídeo – O  Paraná

Pedido de resgate

Ainda no final de semana um radialista paranaense que é irmão de Berto Silva declarou a um site local que os sequestradores haviam feito contato e solicitado o valor de R$ 2 milhões como resgate.

A informação foi negada pelo prefeito de Laranjeiras do Sul em nota divulgada a imprensa. O prefeito de Laranjeiras do Sul disse também que não é verídica a informação do pedido de R$ 2 milhões de resgate pela filha. “Não confirma essa notícia que espalharam de que sequestradores teriam pedido recompensa para libertar Tamires”.

O agradecimento aos gaúchos pelo Prefeito de Laranjeiras e pai de Tamires:

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *