Mulher é resgatada de cárcere privado onde foi estuprada em Santa Maria

Vítima foi mantida no local pelo namorado e um amigo dele por 10 dias

A Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Santa Maria, na Região Central, vai investigar o caso de uma mulher de 26 anos que foi mantida em cárcere privado, agredida e estuprada na cidade.

Rapaz acusado de estupro de vulnerável é menor de idade - REDE JOTA FM

Dois homens, um de 35 anos, namorado da vítima, e outro de 41, foram presos em flagrante pelos crimes na casa onde tudo aconteceu, na Rua Riachuelo, no centro da cidade. Eles foram encaminhados à Penitenciária Estadual de Santa Maria onde seguem presos.

Penitenciária de Santa Maria recebe 15 presos da região metropolitana | GZH

A mulher foi resgatada na tarde de quarta-feira (21), após conseguir fugir da casa em que estava presa enquanto os criminosos dormiam. Conforme ela, os dois homens haviam consumido drogas e esqueceram a chave na porta. Vizinhos ouviram os gritos de socorro e acionaram a Brigada Militar por volta das 16h30min.

Ela relatou aos policiais que não recebia água e nem comida, além de ser agredida e estuprada frequentemente pelos dois homens. A mulher apresentava diversos hematomas e cortes pelo corpo e também apresentava sinais de estar fraca.

Segundo a vítima contou à delegada Elizabeth Shimomura, titular da DEAM, ela começou a namorar com o suspeito há três meses. No dia 11, ela foi até a casa dele, que fica na Rua Riachuelo, e teria descoberto que ele tinha envolvimento com tráfico de drogas. Ao tentar ir embora, o homem de 35 anos teria lhe agredido e impedido que ela saísse. Foi então que começou o cárcere, as agressões e os estupros.

A dupla foi enquadrada no flagrante pelos crimes de estupro e cárcere privado, esse último qualificado por ter sido cometido pelo companheiro e por causar intenso sofrimento físico e mental à vítima. Durante depoimentos, os dois homens, que não tinham antecedentes, não se pronunciaram.

A mulher foi encaminhada para atendimento médico no Hospital Universitário de Santa Maria e já foi liberada.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *