Morre Paulo Morales, chefe de gabinete de Eduardo Leite

Paulo Morales e família durante a posse do governador eleito Eduardo Leite e do vice Ranolfo Vieira Júnior 

Ele estava em tratamento contra um câncer de esôfago

 

Morreu neste domingo o chefe de gabinete do governador Eduardo Leite, Paulo Morales. Em publicação nas redes sociais, Leite lamentou o falecimento de Morales, a quem descreveu como “um amigo, um incentivador, apoiador e parceiro de valor inestimável”. Paulo Morales era natural de Pelotas e deixa mulher e quatro filhos. Em sua memória, o governo decidiu decretar luto oficial por um dia.

 

A prefeitura de Pelotas também divulgou nota, assinada pela prefeita Paula Mascarenhas. “Morales, nas últimas três administrações municipais de Pelotas, emprestou colaboração técnica qualificada e significativa em várias áreas, especialmente no cuidado com a cidade, obras, meio ambiente, serviços urbanos e planejamento”. Na cidade foi decretado luto pelo período de três dias.

Paulo Morales era engenheiro civil e iniciou sua vida pública em 2005 como Superintendente Administrativo do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep). Entre 2007 e 2010, foi administrador do Porto de Pelotas, ligado à Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado.

Foi secretário de Qualidade Ambiental e de Obras e Serviços Urbanos de Pelotas, além de coordenar o programa transversal Cidade Bem Cuidada, que gerenciava as atividades de todas as secretarias envolvidas na infraestrutura pelotense. Ele assumiu a Secretaria de Planejamento e Gestão do município até 31 de dezembro de 2018. Desde o início da gestão de Eduardo Leite era chefe de gabinete.

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *