Duas pessoas são presas por participarem de esquema de falsificação de vacinas

A Polícia Civil realizou uma operação nesta terça-feira (5) contra um esquema de falsificação de vacinas contra a gripe no Rio Grande do Sul. Segundo a polícia, duas pessoas foram presas em Passo Fundo.

Segundo o delegado Max Otto Ritter, a investigação teve início em 24 de abril deste ano, a partir de denúncia formalizada por um laboratório dando conta da comercialização de frascos contendo vacinas tetravalente (Fluarix Tetra – Vacina Influenza Tetravalente), provavelmente falsificadas.

A empresa denunciante constatou que o lote adquirido jamais foi produzido pelo laboratório. “Já que o sistema de codificação utilizado pela companhia não corresponde aos lotes consultados pelo município de Coxilha.”

O delegado também disse que a prefeitura de Coxilha desconfiou dos produtos. “Porque o distribuidor informou que as vacinas poderiam ser aplicadas mais de uma vez.”

A polícia não sabe o total de doses comercializadas na região. “As ações cumpridas durante a Operação Anticorpo tiveram por objetivo prender preventivamente os agentes apontados como responsáveis pela comercialização da vacinas, bem como a apreensão de outros documentos imprescindíveis para as investigações, visando robustecer os elementos até aqui obtidos, a fim de se comprovar o conluio e a medida da culpabilidade dos envolvidos”, concluiu Ritter.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *