Temporal deixa 200 mil clientes sem luz em Pelotas e Rio Grande, diz CEEE e no estado um total de um milhão de clientes

Chuva forte atingiu cidades do Sul do RS. Até a noite de segunda-feira (11), não havia previsão de restabelecimento da energia.

Uma tempestade atingiu o Sul do RS, nesta segunda-feira (11), e deixou cerca de 200 mil clientes da CEEE sem luz em Pelotas e Rio Grande, no Sul do RS, segundo a concessionária.

Em Pelotas, 150 mil consumidores foram afetados, e em Rio Grande, cerca de 50 mil. A CEEE diz que trabalha para retomar o serviço.

Casa destelhada na praia do Laranjal, em Pelotas

Defesa Civil Regional de Pelotas / Divulgação

Em Rio Grande, uma mulher foi encontrada morta na Avenida Buarque de Macedo. A suspeita inicial do Corpo de Bombeiros é que ela tenha sofrido um choque elétrico.

Ainda em Rio Grande, uma árvore caiu em cima de uma casa e impediu a saída das pessoas que estavam na residência.

A chuva chegou a Porto Alegre por volta das 23h. Na terça-feira (12), os temporais devem se espalhar pelo território gaúcho, com possibilidade de causar prejuízos. De acordo com a Somar Meteorologia, a combinação de uma nova frente fria localizada no Sul do país com a umidade transportada pelo vento que sopra da região amazônica favorece as chuvas ao longo do dia, acompanhadas por descargas elétricas e rajadas de vento que podem ultrapassar os 60 km/h na Região Metropolitana, na Serra, no Litoral Norte, na Fronteira Oeste e nas regiões Norte e Noroeste do RS.

Defesa Civil Regional de Pelotas / Divulgação
Temporal deixou uma casa destelhada na praia do Laranjal, em Pelotas

Até a noite de segunda, não havia previsão de restabelecimento da energia.

Um milhão de pessoas estão sem luz no Rio Grande do Sul em razão dos temporais antes mesmo de a instabilidade atingir a Grande Porto Alegre que concentra quase a metade da população do Estado.

A Defesa Civil do RS emitiu alerta de perigo para tempestades entre segunda e terça (12), em todo o território gaúcho.

Em Uruguaiana teve destelhamento de 4 casas nos bairros Salvador e João Paulo.   Arvores foram quebradas como se fossem galhos secos devido a força dos ventos .

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, casa e atividades ao ar livre, texto que diz "DEFESA CIVIL URUGUAIANA"

Uruguaiana

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre

Uruguaiana

A imagem pode conter: céu, árvore, casa, atividades ao ar livre e natureza

Uruguaiana

A imagem pode conter: 1 pessoa, nuvem, céu, casa e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: casa, árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e natureza

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *