Projeto piloto da Defensoria Pública e TJ/RS visa a reaproximar crianças acolhidas das famílias em Sant’Ana do Livramento

Programa foi lançado no dia 16 de novembro, marcando a Semana da Justiça Restaurativa – Foto: Eduarda Rogério de Araújo – Ascom DPE/RS

POR ÍSIS FALCÃO – ASCOM DPE/RS

Sant’ Ana do Livramento (RS) – Com o objetivo de aproximar e fortalecer os vínculos com as famílias das crianças acolhidas no Lar de Infância Daniel Albornoz, em Sant’ Ana do Livramento, a Defensoria Pública e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através do Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), iniciam o projeto “Restaurando Laços”.

O programa será lançado no dia 16 de novembro, marcando a Semana da Justiça Restaurativa. A iniciativa promoverá, entre outras coisas, oficinas, sessões de constelações familiares e círculos restaurativos. A expectativa é de que, após as oficinas do projeto, as crianças atendidas possam retornar a suas famílias de origem.

O projeto visa a contribuir para que as famílias das crianças acolhidas possam ter um ambiente de acolhimento e escuta, identificando suas reais necessidades, para oportunizar o fortalecimento e o empoderamento desse grupo familiar em situação de vulnerabilidade, fazendo-a se comprometer para modificar a situação que vive e, possibilitando, assim, o retorno dessa criança ao seio de sua família.

As crianças serão encaminhadas ao programa pelo Juizado da Infância e Juventude, pela Defensoria Pública e pela Promotoria de Justiça. Hoje, existem 21 acolhidos no Lar de Infância Daniel Albornoz.

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *