Operação prende grupo que planejava matar o prefeito e policiais de Arroio do Sal

Revólver e drogas apreendidos em uma das prisões da Operação Antecipação

Assassinatos seriam uma represália aos recentes prejuízos do tráfico de drogas

A Polícia Civil desarticulou um grupo de traficantes que planejava assassinar o prefeito  Bolão (MDB) e policiais de Arroio do Sal. Os ataques seriam uma represália aos recentes investimentos em segurança pública na cidade, como a chegada de alunos da Brigada Militar, o que estaria causando prejuízos na venda de drogas. No total, a Operação Antecipação realizou sete prisões por tráfico de drogas.

Operação prende sete suspeitos de planejar a morte de policiais e do  prefeito de Arroio do Sal - Litoral na Rede

O plano foi descoberto a partir de 30 de dezembro, quando um homem foi preso em flagrante com drogas e uma arma de fogo. As investigações sobre este suspeito levaram os policiais civis até o plano de assassinato do atual prefeito e de policiais da cidade.

Polícia Civil prende sete suspeitos de planejar a morte de prefeito e  policiais em cidade gaúcha

A intenção da quadrilha era efetuar os crimes após o término da temporada de veraneio. No planejamento, constava o aluguel de armas e a contratação de criminosos de outras localidades para dificultar a investigação policial.

A Operação Antecipação aconteceu entre as tardes de terça-feira (19) e quarta-feira (20), com a prisão dos últimos cinco suspeitos em Arroio do Sal e Três Forquilhas.

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *