Oito regiões do RS ficam na bandeira vermelha de distanciamento controlado

Dentre elas estão Porto Alegre e região metropolitana, que apresentam agravamento da pandemia, com aumento de casos e de internações.

Oito regiões do Rio Grande do Sul continuam com risco alto de transmissão e baixa capacidade de atendimento a pacientes com coronavírus. Dentre elas estão Porto Alegre e região metropolitana, que apresentam agravamento da pandemia, com aumento de casos e de internações.

Ao todo 12 regiões do Estado que estavam em bandeira vermelha no mapa preliminar, divulgado no sábado, tiveram recursos avaliados. Elas seguem bandeira laranja, que aponta risco médio para contágio da doença e relativa capacidade de atendimentos dos pacientes.

Maiores informações a seguir.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *