Inmet alerta para risco de tempestade em grande parte do Estado nesta terça-feira

Nesta segunda-feira, em São Gabriel e Quaraí, na Fronteira Oeste, os termômetros alcançaram a máxima do dia no RS: 33,5°C

Pontos isolados do Rio Grande do Sul e do Sul do Brasil podem ter episódios de chuva com volumes muito altos em curto período

A semana começou com predomínio de sol e poucas nuvens no Rio Grande do Sul. De acordo com a Somar Meteorologia, a segunda-feira (4) foi de tempo firme em praticamente todo o Estado, com exceção de alguns municípios da Fronteira Oeste e do noroeste gaúcho (como São Borja, Santo Augusto e proximidades), que registraram pancadas moderadas de chuva à tarde, mas de curta duração. As temperaturas se elevaram. Em São Gabriel e Quaraí, na Fronteira Oeste, os termômetros alcançaram a máxima do dia no RS: 33,5°C. Na Capital, a variação ficou entre 20,4°C e 32,5°C.

Nesta terça-feira (5), a instabilidade retorna ao território gaúcho. De acordo com a Somar, embora o dia ainda comece com sol e calor no RS, ao longo da tarde, zonas de instabilidade (formadas por sistemas de baixa pressão atmosférica localizadas no centro-oeste do país, no Paraguai e no Uruguai) trazem fortes pancadas de chuva em todas as áreas, acompanhadas por descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em alguns pontos. No entanto, as precipitações devem ser passageiras, intercaladas por períodos de nebulosidade.

Inmet / Reprodução
Inmet emitiu alerta de tempestade nesta terça-feira (5) para as regiões que estão destacadas em amarelo Inmet / Reprodução

Para a Fronteira Oeste e as regiões norte e noroeste do RS (além do oeste catarinense e de grande parte do Estado do Paraná), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de tempestade, chamando atenção, ainda, para o risco de volumes significativos de chuva e para o vento forte, que pode chegar a 60 km/h.

Em relação à temperatura, São José dos Ausentes, na Serra, deve marcar a mínima do dia no Estado: 13°C. Já, a máxima, de 37°C, deverá ser medida em Barra do Quaraí, na Fronteira Oeste. Na Capital, a variação térmica fica entre 20°C e 32°C.

Na quarta-feira (6), a instabilidade segue marcando presença no território gaúcho, com fortes pancadas de chuva e trovoadas em todas as áreas. Na Serra e na Região Noroeste, as precipitações devem vir com mais intensidade, chamando atenção para grandes volumes, com risco para possíveis transtornos, como alagamentos e deslizamentos de terra. Nestas regiões, as rajadas de vento também devem ganhar destaque, podendo chegar à marca de 80 km/h.

Em Cambará do Sul, na Serra, os termômetros devem marcar a mínima do dia no Rio Grande do Sul: 15°C. Já, a máxima, 35°C, segue apontada em Barra do Quaraí. Em Porto Alegre, a temperatura varia entre 21°C e 30°C.

Veja a previsão do tempo para cada região do Estado nesta  terça-feira (5) :

Região Metropolitana: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade). Em Canoas, os termômetros variam entre 21°C e 34°C.

Serra: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade). Em Bento Gonçalves, a temperatura varia entre 17°C e 26°C.

Litoral Norte: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade).  Em Torres, a variação térmica fica entre 22°C e 30°C.

Litoral Sul: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade). Em Rio Grande, os termômetros variam entre 19°C e 24°C.

Região Norte: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas e até queda de granizo em pontos isolados. Para a região, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de tempestade, chamando atenção para o risco de acumulados significativos e rajadas intensas de vento. Em Erechim, os termômetros variam entre 17°C e 31°C.

Região Noroeste: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas e até queda de granizo em pontos isolados. Para a região, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de tempestade, chamando atenção para o risco de acumulados significativos e rajadas intensas de vento. Em Santo Ângelo, os termômetros variam entre 22°C e 29°C.

Região Sul:  a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade). Em Camaquã, os termômetros variam entre 20°C e 32°C.

Região Central:  a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. No entanto, as pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade).  Em Santiago, a variação térmica fica entre 23°C e 28°C.

Campanha: a terça-feira (5) deve começar com tempo firme na região. No entanto, à tarde, a instabilidade aparece, com fortes precipitações, descargas elétricas, rajadas de vento e até queda de granizo em pontos isolados. As pancadas de chuva tendem a ser passageiras (alternadas com períodos de nebulosidade). Em Candiota, a variação térmica fica entre 19°C e 31°C.

Veja a previsão do tempo para algumas cidades nesta terça-feira (5):

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 32°C.
Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 29°C.
Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 29°C.
Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 32°C.
Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 29°C.
Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 31°C.
Uruguaiana: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 24°C e máxima de 35°C.
Torres: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 30°C.
Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 22°C e máxima de 26°C.
Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 23°C e máxima de 27°C.
Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 29°C.
Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 31°C.
Tramandaí: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 31°C.
Xangri-Lá: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 30°C.Capão da Canoa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 30°C.
São Borja: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 23°C e máxima de 29°C.

O maior risco nos dois dias, conforme análise da MetSul, a despeito da possibilidade de tempestades isoladas de vento forte e granizo, é a ocorrência de chuva forte a intensa. A atmosfera vai estar propícia a episódios de chuva muito volumosa em curto período isoladamente. São possíveis acumulados de até 50 mm a 100 mm em menos de uma hora em pontos localizados.

Preocupa o indicativo pelo modelo WRF de que em setores muito isolados, especialmente da Metade Sul gaúcha, possam ser registrados volumes excepcionalmente altos da ordem de 100 mm a 200 mm ou isoladamente superiores, o que pode acarretar alagamentos e inundações repentinas.

Observe nos mapas com as projeções do WRF que tanto na saída da madrugada como da tarde de hoje o modelo indicou volumes excepcionalmente altos em pontos muito isolados do Sul gaúcho. Os mapas abaixo estão disponíveis ao assinante da MetSul.

Chuva projetada para 72h pelo modelo WRF na rodada da 0Z de hoje

Chuva projetada para 72h pelo modelo WRF na rodada das 12Z de hoje

No geral, entretanto, a chuva deve ser muito irregular na sua distribuição e os volumes não deve ser elevados na soma dos dois dias. Reitera-se que os acumulados expressivos devem se dar de forma mais isolada.

Confira o que a meteorologista Estael Sias tem a dizer sobre o tempo nesta Terça e Quarta feira no Rs

Fonte : Met Sul / INMET

Facebook Comments Box

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *