Incêndio atinge sede de laboratório indiano que exportará vacinas contra covid-19 ao Brasil

Instituto Serum é maior fabricante de imunizantes do mundo e produz, atualmente, as vacinas de Oxford/AstraZeneca. Produção não teria sido afetada, segundo mídia local 

Um incêndio atingiu a sede do Instituto Serum, da Índia, nesta quinta-feira (21). Segundo as primeiras informações das emissoras de TV locais, a produção no maior fabricante mundial de vacinas não foi afetada.

No local, na cidade de Pune, milhões de doses da vacina contra covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo produzidas atualmente.

Um lote de 2 milhões de doses do imunizante fabricado no instituto teve uso emergencial no Brasil autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As vacinas, contudo, não têm data para chegar ao país.

De acordo com os canais indianos, o incêndio começou em um local em construção, longe das instalações de produção de imunizantes. Ao menos seis caminhões de bombeiros foram enviados ao instituto.

Indianos observam incêndio no Instituto Serum, em Pune, em 21 de janeiro de 2021 — Foto: AFP

Cinco pessoas morreram no incêndio, segundo o “Times of India”. O prefeito da cidade de Puna, Murlidhar Mohol, disse que os mortos são provavelmente trabalhadores de construção civil que estavam no prédio.

O diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, confirmou que houve mortes.

Os bombeiros afirmaram que ao menos cinco caminhões foram enviados para combater o fogo no prédio e que o fogo foi controlado.

Ainda não se sabe o que causou o incêndio, mas o prefeito disse que o fogo pode ter começado com um trabalho de soldagem.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *