Frigorífico de Alegrete afasta trabalhadores positivados para covid

A planta frigorífica do Marfrig, em Alegrete, que possui 630 trabalhadores, considerando os mais diversos setores da empresa, sofre o revés de perda, momentânea, de parte de sua mão de obra, por causa do Covid.
Mensagens de pessoas que souberam dos casos por familiares ou amigos, demonstram preocupação com esta, que está sendo considerada a terceira onda do Covid, que, em alguns lugares do Brasil, apresenta casos de variantes da cepa, sendo esta, com maior poder de disseminação e com voracidade sintomática.
Reabertura de frigorífico anima trabalhadores em Alegrete | Rio Grande do Sul | G1
Diante do quadro que eclodiu no RS, depois que muitas pessoas viajaram a passeio para praia e outras localidades, sem respeitar o distanciamento e o uso de máscara, a preocupação todas as estruturas de saúde do Estado que apresentam números alarmantes de crescimento quantitativo de casos.
Dos 10 trabalhadores infectados com vírus, na planta frigorífica, há integrantes do setor de cozinha, conforme foi verificado pelo Repórter Internauta.
Todos estão em isolamento domiciliar, o que significa que apresentam sintomas leves ou estão assintomáticos.
O Frigorífico Marfrig, continua vigilante sobre os cuidados sanitários com seus colaboradores, seja por zelar pela saúde deles ou para preservar o status sanitário positivo, perante o mercado nacional e internacional de carne, cujos países, realiza comercialização.
Foto: arquivo
Texto e postagem: Repórter Internauta
Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *