Fiscalização interdita praça entregue pela empresa Ritt, mas em contraponto outras pracinhas estava lotadas neste domingo

A praça Getulio Vargas, teve sua antiga pracinha totalmente reformada, com uma entrega simbólica, no dia 06 de novembro (sexta Feira).

A pracinha foi toda planejada para que tivesse total inclusão e acessibilidade, para que todos pudessem se divertirem, pois esta pracinha tem uma história na vida dos alegretenses.

 

Foi entregue pelo empresário Felipe Ritt e sua família,  para alegria das crianças, com brinquedos novos cada um projetado para que não se perdesse a essência das crianças, e o empresário Felipe Ritt usou esta entrega como forma de agradecimento a comunidade e fez um pedido ao executivo para que desse uma atenção a esta obra entregue para manter sempre assim como ela ficou .  A pracinha foi idealizada pela Arquiteta Juliana Marchezan Leães e a execução da obra ficou por conta da Engenheira Daniela Padoin.

Mas para surpresa, hoje teve suas entradas interditadas pela fiscalização da prefeitura, uma interdição como se diz improcedente pois tem outros segmentos como parques em nossa cidade que tiveram nest domingo lotados.

Um local que foi dedicado com muito carinho a comunidade, estar assim fechado.

Em contra partida como podemos conferir neste domingo  a pracinha dos Patos como é chamada estava assim , lotado de crianças, pracinha do Aguateiros também uma movimentação de crianças e adultos.

Qual a diferença se os  locais encontram-se ao ar livre?  O porque deste tratamento?

Infelizmente sabemos das dificuldade em se fiscalizar todos que se encontram na rua , mas é justo fechar uma pracinha como esta e deixar outros  locais lotado?   Fica a pergunta, precisamos ser coerentes no que se diz “tratamento”.

Internauta postou a indignação em rede social ao verificar a interdição:

“Bem vindos a Alegrete, cidade que fiscaliza alguns restaurantes, algumas lancherias que não enxerga aglomeração política, que não enxerga carreatas e bandeiraços nas ruas, que compactua com os “infernos” de santinhos nos carros e caixas de correio.

Mas que interdita e não orienta para os protocolos de higienização um dos únicos locais que as crianças podem gastar energia com acessibilidade. Segundo o ditado muito citado por um repórter do face…”pau que bate em chico, não bate em Francisco”. Bem vindos a pracinha… INTERDITADA!”

 

Segue as fotos do que fica impossibilitado de ser usado pelas crianças neste momento :

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *