Fechamento do Comércio não irá controlar a pandemia

Entidade apoia medidas para evitar aglomerações, mas ressalva que comércio não foi fator para novo pico de contaminações

A Fecomércio-RS manifesta preocupação com a perspectiva de novas medidas de fechamento do comércio e de serviços anunciadas como estratégia de combate à Covid-19 pelo governador Eduardo Leite.
Desde sua reabertura, os comerciantes vêm adotando um protocolo rígido para conter a disseminação do vírus. É notório que aglomerações, principalmente do público jovem, em festas de fim de ano, durante todo o veraneio e no Carnaval em espaços públicos sejam responsáveis pelo crescimento no número de casos, verificado no momento.
A entidade apoia a adoção de medidas restritivas pontuais, como restrições quanto à ocupação máxima dos espaços e fechamentos de atividades entre as 22h e as 05h, reduzindo a incidência de festas e aglomerações.
      No entanto, a Fecomércio-RS alerta que o fechamento do comércio não apenas é uma medida equivocada com relação ao controle da pandemia, bem como agrava a situação de crise e o desemprego, comprometendo a renda e a qualidade de vida de milhões de gaúchos.
O presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, se reunirá com o governador Eduardo Leite na segunda-feira, às 08h, para avaliar e sugerir melhorias na estratégia de combate ao coronavírus, assim como a entidade manterá contatos com parlamentares no sentido de continuar colaborando para o enfrentamento da pandemia através de medidas efetivas, como tem ocorrido desde março de 2020.
Com texto e foto da A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul.
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *