Distanciamento Controlado: 15 regiões ficam na bandeira vermelha

As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira, após tempo para análise dos recursos de regiões e municípios

O cenário de disseminação do coronavírus e da ocupação de leitos cresce no Rio Grande do Sul. Na décima rodada preliminar do Distanciamento Controlado, Estado tem 15 regiões com risco alto, ou seja, estão na bandeira vermelha.

Essas regiões representam 84,2% da população gaúcha (9.535.519 habitantes). Na rodada definitiva do mapa anterior, eram seis regiões em vermelho, equivalente a 52,9% da população (5,9 milhões de habitantes).  Segundo o governo do Estado, as bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (13).

A análise preliminar dos índices de propagação do vírus e de ocupação dos leitos trouxe, novamente, as regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeira das Missões e Pelotas em bandeira vermelha. Essas áreas já haviam sido classificadas como alto risco na rodada anterior.

As regiões de Taquara, Santo Ângelo, Cruz Alta, Santa Rosa, Erechim, Passo Fundo, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul e Santa Cruz do Sul evoluíram de bandeira laranja para vermelha nesta rodada.

Santa Maria, Ijuí, Uruguaiana, Bagé e Lajeado são as cinco regiões que permaneceram na bandeira laranja.

Das 20 regiões, 15 ficaram em bandeira vermelha na 10ª semana do distanciamento controlado no RS — Foto: Governo do RS/Divulgação

De acordo com o governo do Estado,  nesta rodada, inclusive, nenhuma região apresentou melhora nos índices.

O mapa preliminar da décima rodada foi divulgado pelo governo no fim da tarde desta sexta-feira (10). As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira, após tempo para análise dos recursos de regiões e municípios.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *