Diego Maradona morre aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino ‘Clarín’. Ele havia passado por uma cirurgia no cérebro no início do mês.

Maior jogador da história da argentino e lenda do futebol mundial, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25) aos 60 anos.

O craque argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino “Clarín”.

Diego Maradona morre hoje, aos 60 anos, após parada cardiorrespiratória - Tony Marshall - EMPICS/PA Images via Getty Images

O “pibe de ouro” sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês e recebeu alta oito dias depois. Ele drenou uma pequena hemorragia no cérebro.

O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.

Campeão mundial na Copa de 1986, quando ficou eternizado pelos gols que marcou contra a seleção da Inglaterra, Maradona era reverenciado e tratado como deus na Argentina.

Download DIEGO Wallpaper by NicoPiazzo - 9d - Free on ZEDGE™ now. Browse millions of popular calcio Wallpapers and Ringtones on … | Diego maradona, Football, Napoli

Seu gol de mão contra a Inglaterra ficou mundialmente conhecido pela “mão de Deus”.

 Maradona ao lado da sua companheira, Rocio Oliva, durante jogo da Copa Davis — Foto: Darko Bandic/AP

Maradona ao lado da sua companheira, Rocio Oliva, durante jogo da Copa Davis — Foto: Darko Bandic/AP

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, na província de Buenos Aires, e era técnico Gimnasia y Esgrima.

O craque das Copas Maradona estreou pela seleção da Argentina em 1977 com apenas 16 anos. E mesmo já sendo um craque, acabou não sendo convocado para a Copa de 78, em casa, que registrou o primeiro título argentino.

Maradona tem carreira desvendada em documentário cheio de cenas raras - 20/05/2019 - Ilustrada - Folha

     O sucesso no Mundial veio oito anos depois, em uma atuação antológica na Copa do México. Maradona levou a Argentina ao bicampeonato e fez dois gols que entraram para a história: um driblando toda a defesa da Inglaterra, e outro com a “Mão de Deus”, também contra os ingleses. Maradona ainda teve uma outra chance de ser campeão do mundo.

     Em 1990, após eliminar o Brasil, ele levou a Argentina à final contra a Alemanha, mas acabou sendo derrotado. O craque ainda fez a sua despedida dos gramados de Copa em 1994, mas foi de uma maneira melancólica. No Mundial dos Estados Unidos Maradona foi flagrado no exame antidoping.

      A luta contra as drogas Craque inigualável nos gramados, Maradona travou uma luta fora dos campos. A carreira dele foi marcada por escândalos como o doping na Copa do Mundo e o abuso de drogas. Em sua autobiografia, Maradona revelou que começou a usar drogas após a sua chegada ao Barcelona, no começo dos anos 80.

Diego Maradona: I am amazed by his recovery, says doctor | Football News | Sky Sports

Em 1991, quando jogava pelo Napoli, foi suspenso após ser flagrado no exame antidoping pelo uso de cocaína. Na Copa de 1994, a substância proibida encontrada em seu exame foi a efedrina, que além de ser usada em remédios para emagrecer é um estimulante.

Apontado como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, ao lado de Pelé, o craque argentino começou a sua carreira no Argentinos Juniors, clube onde foi revelado e atuou entre 1976 e 1981.

Diego Maradona Notícia | As últimas notícias sobre Diego Maradona

Logo depois, jogou um ano no Boca Juniors e se transferiu para o Barcelona, onde atuou entre 1982 e 1984.

De lá, foi para o Napoli, na Itália, onde ganhou uma Copa da Uefa, dois Campeonatos Italianos, uma Copa e uma Supercopa da Itália.

Esta reportagem está em atualização.

Diego Armando Maradona, ícone do futebol argentino, antes do início da partida entre Argentina e Nigéria na primeira fase da Copa do Mundo de 2018, na Rússia — Foto: Lee Smith/Reuters

Diego Armando Maradona, ícone do futebol argentino, antes do início da partida entre Argentina e Nigéria na primeira fase da Copa do Mundo de 2018, na Rússia —

Diego Maradona está de luto - MoveNotícias

 

Foto: Lee Smith/Reuters e facebook reprodução

Fonte: Portal  G1

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *