De renguear cusco: 3,3º abaixo de zero no Rio Grande do Sul

 Rio Grande do Sul registra mínimas típicas de auge do inverno recém em abril em amanhecer congelante nas áreas mais altas do Estado.

Frio intenso e abaixo de zero trouxe geada hoje cedo em São José dos Ausentes. Imagem da região do Pico do Monte Negro, a 1.410 metros, ponto mais alto do Rio Grande do Sul, mostra os gramados cobertos de gelo. | Alexandre Pereira

O Rio Grande do Sul teve frio muito intenso para a época do ano nesta quarta-feira (28) com mínimas muito baixas para abril. Foi o segundo dia seguido e o segundo dia do ano com marcas abaixo de zero ao amanhecer com formação de geada em diversas regiões do Estado.

A temperatura mínima em Vacaria, de acordo com estação da Epagri, foi de 3,3ºC abaixo de zero. Ontem, a estação registrou a menor temperatura do Estado e a primeira negativa do ano com -0,4ºC. São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, baixou a 1,9ºC negativo no começo desta quarta-feira. É a primeira mínina negativa do ano no município que é o de maior altitude no Rio Grande do Sul. Em Soledade, no Norte do Estado, os termômetros apontaram 1,7ºC abaixo de zero, a segunda mínima negativa de 2021 na localidade do Alto da Serra do Botucaraí. Por sua vez.

Rio Grande do Sul registra primeira geada do ano; veja previsão!

O segundo dia do ano com mínimas negativas no Rio Grande do Sul, assim, ocorrem em 28 de abril em 2021. No ano passado, o segundo dia com marcas abaixo de zero se deu mais cedo, em 16 de abril, com -0,9ºC em São José do Ouro. Em 2019, entretanto, o segundo dia do ano com marcas negativas no Estado somente viria a ocorrer muito tardiamente, em ‪21 de junho‬, com -0,9ºC em São José dos Ausentes.

Em 2018, a segunda jornada abaixo de zero foi em ‪22 de maio‬ com -0,1ºC em Soledade. Em 2017, nesta mesma época, com -1ºC no dia ‪29 de abril‬ em São José dos Ausentes. Já em 2016, ocorreu em ‪29 de abril‬ com -2,9ºC em Bom Jesus.

FRIO VAI SEGUIRA

A  previsão da MetSul é que novas marcas negativas sejam observadas na sequência das próximas madrugadas no Sul do Brasil, sobretudo no Planalto Sul Catarinense e na área de São José dos Ausentes.

O ar muitíssimo seco em altitude com tempo aberto favorecerá intenso resfriamento noturno principalmente em baixadas, mesmo com o enfraquecimento da massa de ar frio que ingressou no começo da semana.

Paradoxalmente, esta massa de ar frio que atua no Sul do Brasil está longe de ser forte. O ar extremamente seco em altitude é que está proporcionando as mínimas muito baixas.

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *