Covid-19 mata mais duas professoras da rede pública no RS

Óbitos foram em Panambi e São Gabriel. Retomada das aulas presenciais estão proibidas por liminar no estado. Governo recorreu.

Salete Schimidt Knebelkamp, de 39 anos, dava aulas na escola Poncho Verde, em Panambi, no Noroeste do RS, e morreu no domingo, 28. Já Iaramar Fernandes, de 59 anos, atuava na escola Frei Placido, de Bagé, e faleceu, na segunda (1), na cidade vizinha de São Gabriel, na Região da Campanha.

Nesta terça, o sindicato se reuniu com o governo do estado e a Assembleia Legislativa para tratar da vacinação de professores. O grupo articula um pedido de inclusão do magistério na fila prioritária ao Ministério da Saúde.

Ainda nesta terça-feira, 02, o governo do Estado e o poder Legislativo se reuniram, em ato conjunto, por meio de videoconferência, para pleitear a antecipação da vacinação de trabalhadores da educação das redes pública e privada. A categoria já pertence ao grupo prioritário para a imunização, mas ainda não há previsão de quando o governo federal disponibilizará doses suficientes para vacinar todos os professores.

Retomada das aulas

De acordo com a presidente do sindicato, Helenir Schürer, os registros de óbitos e casos preocupam o magistério. O CPERS é contrário ao recomeço das aulas, marcado para o dia 8 de março. “Estamos preocupados com o reinicio do ano letivo em bandeira preta, que o governo está querendo”, afirmou.

Uma liminar suspendeu a retomada das aulas em todo o estado enquanto valer a bandeira preta. No entanto, o governo já entrou com um recurso, elaborado pela Procuradoria-Geral do Estado.

Fonte: G1

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *