Chuva de até 180 mm castigou a Fronteira Gaúcha

Livramento e Rivera tiveram muitos alagamentos e inundações pela chuva extrema

Chuva extrema atingiu as cidades de Livramento e Rivera, na fronteira com o Uruguai. As precipitações torrenciais causaram muitos alagamentos e inundações repentinas nas áreas mais baixas das duas cidades.

A chuva extrema, acompanhada de muitos raios, ocorreu com o avanço de áreas de instabilidade a partir da região de Uruguaiana no final da sexta-feira (15) e caiu com força durante a madrugada de hoje. A MetSul havia alertado para a possibilidade de chuva extrema isolada com volumes muito localizados até acima de 150

@RiveraMiCiudad
Tormentas llegando a #Rivera por Yenifer Cardozo @metsul

Imagem

Medições particulares obtidas pela MetSul no lado brasileiro da fronteira apontaram até 160 mm de chuva. Em Rivera, no lado uruguaio, o Instituto Nacional de Meteorologia do Uruguai informou 180 mm ate 7h. São acumulados extraordinariamente altos para um um curto período com uma uma vez e meia a média histórica de chuva do mês em apenas poucas horas.

O fotógrafo Jaderson Alves registrou em imagens na madrugada de hoje e no amanhecer deste sábado (16) os alagamentos em Livramento.

 

A MetSul adverte para um fim de semana de instabilidade no Sul do Brasil com chuva que será localmente intensa e volumosa acompanhada de temporais isolados com queda de granizo e/ou vendavais. Alguns dos temporais podem ser fortes a severos, podendo trazer transtornos e danos. 

Na segunda metade deste sábado, com forte calor, novas áreas de instabilidade vão se formar e algumas serão intensas, alcançando a maioria das regiões gaúchas, mas, principalmente, áreas do Centro para o Norte gaúcho. Será o segundo momento do sábado com temporais e o de maior risco para a região de Porto Alegre e área metropolitana. Novamente, pela temperatura elevada, há chance de temporais isoladamente fortes a severos.

No domingo, o dia começa com chuva e fortes temporais isolados no Norte do Estado que vão avançara para Santa Catarina e Paraná. Nas demais regiões gaúchas, o domingo terá sol e nuvens com intervalos de chuva que será mais isolada. O ar quente e úmido deve formar nuvens carregadas, especialmente da tarde pra noite, que podem trazer chuva forte e temporais em alguns pontos. 

Os mais recentes dados apontam a possibilidade de chuva muito volumosa do Rio Grande do Sul neste fim de semana. Haverá acumulados em pontos isolados perto e acima de 100 mm com marcas muito localizadas de até 150 mm, mas a chuva será muito mal distribuída e com enorme variabilidade de volumes. 

Fotos exclusivas: Fotógrafo Jaderson Alves

Texto: Met Sul Meteorologia

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *