Chester, peru e tender: saiba qual é a diferença entre as carnes para a ceia de Natal

Com a data do Natal próxima, a dúvida sobre o que colocar na ceia ronda a cozinha dos brasileiros.

O Comer & Beber vai explicar, de forma breve, as diferenças entre as três principais carnes típicas do Natal: Chester, peru e tender.

CHESTER

Diferente do que se imagina, chester não é uma espécie, mas sim uma marca registrada. A empresa Perdigão, que pertence a BRF, é a detentora da marca.

A ave é diferente do frango tradicional e foi trazida da Escócia para o Brasil na década de 1980.

PERU

Tanto na Europa como nas Américas, o peru é o principal prato da noite de Natal.  A carne de Peru é mais escura e possui um sabor mais acentuado que o chester.

O teor de gordura dessa carne é baixo e ainda é mais rígida que a citada anteriormente.

Além do Natal, comer carne de Peru é comum nos Estados Unidos no feriado de Ação de Graças (Thanksgiving, em inglês).

TENDER

O tender nada mais é que pernil de porco defumado e processado.

Pode ser consumido cru, fatiado ou ainda assado.

É parecido com presunto.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *