Caso Rafael: mãe de menino será indiciada por homicídio doloso no RS

Segundo a polícia, em novo depoimento Alexandra Dougokeski admitiu ter usado uma corda para matar o filho, porque o garoto passou a noite em claro, mexendo no celular

A mãe do menino Rafael Winques, de 11  anos, deve ser indiciada por homicídio doloso, ou seja, com intenção de matar. No último depoimento à polícia, ela mudou a versão e admitiu ter matado o garoto por asfixia.

Alexandra Dougokeski, de 33 anos, está presa na penitenciária feminina de Guaíba, na região metropolitana de Porto Alegre, desde o fim de maio. Em novo depoimento à polícia, ela confessou ter usado uma corda para matar o filho, porque o garoto passou a noite em claro, mexendo no celular.

“Por volta das duas horas da manhã, ela acordou e ele ainda estava acordado”, relatou o delegado Eibert Moreira. “Naquele momento ela perdeu o controle da situação e resolveu de fato estrangular ele. Porque ele estava de forma reiterada desobedecendo as ordens que ele estava dando.”

 

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *