Mais um carro é apedrejado na freeway e PRF apreende dois adolescentes

CARRO DE MORADORES DE QUARAÍ É APEDREJADO EM PORTO ALEGRE
Conforme divulgado pela Rádio Gaúcha e pelo site GZH, a Polícia Rodoviária Federal atendeu ocorrência de um veículo apedrejado na capital do estado, próximo a Arena do Grêmio.
O fato aconteceu por volta das 2h da manhã, o casal Quaraiense e a filha de 5 anos estavam chegando em Porto Alegre, quando ouviram um barulho forte atingir a camionete a qual estavam.
Eles percorrem por mais alguns quilômetros e entraram em contato com a PRF.
A polícia apreendeu dois adolescentes de 16 e 17 anos que alegaram que estavam fazendo os ataques por diversão.
No dia em que completa um mês em que Munike Krischke, 45 anos, foi atingida por um paralelepípedo na entrada de Porto Alegre, entre a freeway e a Avenida Castelo Branco, vindo a falecer no dia seguinte, em 13 de junho, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registra nesta segunda-feira (12) mais uma ocorrência semelhante na autoestrada. Desta vez, o local foi nas proximidades da Arena do Grêmio, houve apenas danos materiais e as vítimas conseguiram acionar as autoridades logo na sequência. Dois adolescentes foram apreendidos e alegaram que estavam fazendo os ataques apenas por diversão.

Pouco antes das 2h, um casal de Quaraí, na fronteira oeste, estava chegando na Capital, junto com o filho de cinco anos, em uma caminhonete. Na altura da Arena, a passageira Cristiane Belo, 34 anos, conta que ouviram um estrondo e de imediato o para-brisa quebrou. Eles não pararam o veículo e foram até um posto de combustíveis, já na cidade.

— A gente não viu ninguém e, de repente, um barulho horrível, o vidro quebrando e um bloco de cimento dentro da nossa caminhonete. Ninguém se feriu e seguimos até um posto (de combustível). No local fomos informados sobre o óbito de uma moça (Munike) há alguns dias e, então, informamos a polícia — diz Cristiane.

A PRF não descarta outros casos, contudo, não houve registros, apenas chamados de outras pessoas que teriam visto os ataques.

Apreensão

O chefe de Operações da PRF no Estado, Marcelo Timóteo, diz que o fato de Caroline ter ligado rapidamente para o telefone 191, foi possível agir rapidamente. Houve buscas e dois adolescentes, de 16 e 17 anos foram apreendidos.

PRF / DivulgaçãoVeículo de família de Quaraí foi apedrejadoPRF / Divulgação

Eles, que não tinham atos infracionais anteriores, disseram que estavam jogando as pedras apenas por diversão. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia para o Adolescente Infrator da Capital devido ao ato de vandalismo. Timóteo destaca que houve pelo menos outros dois chamados, mas apenas este caso de ataque confirmado.

Sobre acionar a PRF, Timóteo ressalta que é importante, na medida do possível, nos casos de danos materiais. Ele ainda orienta às pessoas, se não houver problemas para conduzir o veículo, não fiquem no trecho. No caso desta segunda-feira, foi vandalismo, mas pode ser também ação de assaltantes.

Neste ano, a PRF recebeu dois chamados por semana sobre situações semelhantes. A BR-290, entre Gravataí e Eldorado do Sul, concentra 50% dos casos. Após a morte de Munike, as autoridades de segurança passaram a realizar operações integradas no trecho para coibir ataques a veículos com pedras.

Facebook Comments Box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *